foto

Triste Madrugada

Teixeirinha

Vem vindo a madrugada, como é triste
Lá vou eu perambulando pela rua
Sou um vulto sem destino a caminhar
Companheiro da querida imagem tua
Você dorme nesta hora, eu sei que dorme
E não sabe que eu me encontro tão sozinho
Relembrando o passado tão feliz
Quando era todo meu o seu carinho


Eu queria nesta hora estar juntinho
Dos teus braços a chorar no seu ouvido
Escutar dos seus lábios soluçando
Fica sempre aqui comigo amor querido
Como é triste esta fria madrugada
Acordado estou sonhando com você
Minha bela e querida namorada
Não quer mais o meu amor não sei porquê.


Se eu morresse nesta triste madrugada
Seria tão alegre para mim
Eu deixava de sofrer por teu amor
Minha mágoa, minha dor teria fim
Lá na campa onde eu ia repousar
Você talvez levaria-me uma flor
Lia o meu nome escrito na santa cruz
Este infeliz aqui morreu por teu amor.
publicidade