foto

Na Batalha Do Amor

Teixeirinha

Quando eu olho teu retrato mil pensamentos me vem
Até vingança de morte nisso eu penso também
Fico entre a terra e o mar não sei pra lado eu pendo
Se vou sorrir ou chorar se vou matar ou te amar
Se faço ou me arrependo

O meu dilema é confuso não encontro uma saída
Não sei te mando pro diabo ou lá pra casa querida
Eu quis ser forte no amor vencer a tua arrogância

Fazer do teu coração um coração de criança
Mais na batalha do amor perdi de lança na mão
Dela mulher sedutora ganhou foi a vencedora
Derrotou meu coração

Não sei se tu és meu ódio ou cura pra minha dor
Não sei se és meu veneno ou se tu és meu amor

Não sei se te quero nua ou se vestida eu te quero
Não sei se amo ou detesto, não sei se parto ou te espero
A decisão veio agora para ti vou me entregar
Já que o amor é mais forte nem que me condene a morte
Não deixarei de te amar

Vou te rogar uma praga vem diabo do meu inferno
Me refrescar no verão e me aquecer no inverno
publicidade