foto

Moço Triste

Teixeirinha

A noite aí vem chegando
A noite no céu já surgiu
Os passarinho em silêncio

O vento está muito frio
As nuvens correm depressa
Meu quarto está tão vazio

Ela me deixou aqui sozinho
Não quis mais o meu carinho
Sem dizer adeus, partiu

Não chora seu moço, não chora
Esta mulher é uma falsa
Deixou em pranto seu moço
Não chora que a mágoa passa

Se o vento esta noite não para
Vai levar pela madrugada
Com o frio o que será de mim?
Sem você não terá estiada

Não vá seu moço, não vá
Esta mulher é uma falsa
Ela arranjou outro amor
Não chora seu moço, esquece

Se ela arranjou um outro amor
Já me esqueceu com certeza
Nosso quarto está tão vazio
Tão vazia está nossa mesa

Mas se eu não puder resistir
Seguirei pela mesma estrada
Vou em busca de ti, meu amor
Viver sem teu calor
A vida não pode nada

O pranto me corre na face
Que saudade da minha Tereza
Sem ela, nada mais pra mim existe
Sou aquele moço triste
Que vai morrer com a tristeza

Não chora seu moço, não chora
Por uma Tereza fingida
Outra Tereza virá
Mais sincera, também mais querida
publicidade