foto

Granfino Nojento

Teixeirinha

GraNFINO NOJENTO
--------------------------------------------------------------------------------


GRANFINO NOJENTO CHEIRANDO A NOBRESA
TALVÉS TU TE IRRITE COM A MINHA FRANQUEZA
TU FALOU COMIGO ARROTANDO GRANDEZA
DESFEZ DOS MEUS VERSOS COM TANTA FRIEZA

TU AGARRA AGORA A MINHA DEFESA
MEUS VERSOS É O PÃO QUE TU NÃO TEM NA MESA
NÃO SÃO OS PRODUTOS DA TUA BAIXEZA
QUE NÃO VALORIZA A PRÓPRIA NATUREZA
QUE É PURA E SAUDÁVEL CHEIA DE BELEZA

MEU CHEIRO É DE TERRA DE CHUVA E MORMAÇO
MEU GOSTO É O FRUTO QUE DÁ NO BARAÇO
MEU CANTO É DOS PÁSSAROS QUE VOAM NO ESPAÇO
POR CIMA DE TI GRANFINO PALHAÇO

TEU CHEIRO É DE SELVA DE CIMENTO E AÇO
O ESGOTO COMEÇA LÁ NOTEU TERRAÇO
TEU DINHEIRO EU DOBRO COM OS VERSOS QUE FAÇO
EU CHUPO A CEREJA E TU COME O BAGAÇO

GRANFINO MOFADO O XOTE E A RANCHEIRA
É MÚSICA DO POVO MELHOR QUE A ESTRANGEIRA
GRANFINO NOJENTO NÃO DIGA BESTEIRA
MEUS VERSOS SÃO CORES DA NOSSA BANDEIRA

TAMBÉM EM MULHER EU TE DEIXO NA POIERA
A MINHA É SIMPLES É LINDA E FACEIRA
MORENA GAÚCHA DOCE BRASILEIRA
TEM CHEIRO DA FLOR DOS CAMPOS DA FRONTEIRA
GRANFINO EU TE ENCOSTO NUN PAU DE ARUEIRA.
FIM.
publicidade