foto

Amigos do Dinheiro

Teixeirinha

Há muito tempo fui um homem de dinheiro
E os companheiros me rodeavam a cada passo
Mas de repente todos os meus bens terminaram
Os amigos retiram por me verem no fracasso

Aonde está os companheiros e meus parentes
Estão ausentes por me verem fracassado
Encontro eles me chamam de moribundo, farrapo vagabundo
Não me pagam o emprestado

Um certo dia uma mariposa encontrei
A miséria lhe contei e a mulher me agasalhou
E repartiu comigo sua comida melhorou a minha vida
E a fortuna voltou

E os companheiros e parentes que fugia
Volta um todos os dias pra me dar os parabéns
E a cada um eu respondo num segundo
Sai daqui seu vagabundo dinheiro de mim não tens

(repete toda a música)
publicidade