Sandra de Sá

Balanço Zona Sul

Sandra de Sá

Balança toda pra andar
Balança até pra falar
Balança tanto que já
balançou meu coração
Balance mesmo,que é bom
Do Leme até o Leblon
E vá juntando um punhado de gente
Que sofre com o seu andar

Mas ande bem devagar
Que é pra não se cansar
Vai caminhando pra lá,
balançando sem parar
Balance mesmo,que é bom
Balançe e cai,mas não cai
E se cair, vem caindo,
caindo,nos braços meus!

Mas balance bem devagar
Que é pra não se cansar
Balança os cabelos teus
Balançe e cai,mas não cai
E se cair, vem caindo,
caindo,nos braços meus!




publicidade