Lumiar / Todo Azul do Mar

Roupa Nova

Anda, vem jantar, vem comer,
Vem beber, farrear até chegar lumiar
E depois deitar no sereno
Só pra poder dormir e sonhar
Pra passar a noite caçando sapo
Contando caso de como deve ser lumiar

Acordar lumiar sem chorar, sem falar,
Sem querer acordar em lumiar
Levantar e fazer café
Só pra sair, caçar e pescar
E passar o dia moendo cana
Caçando lua clarear de vez lumiar


Foi assim como ver o mar
A primeira vez que meus olhos
Se viram no seu olhar

Não tive a intenção
De me apaixonar
Mera distração
E já era o momento de se gostar

Quando eu dei por mim
Nem tentei fugir
Do visgo que me prendeu
Dentro do seu olhar

Quando eu mergulhei
Fundo nesse olhar
Fui dono do mar azul
De todo azul do mar

Foi assim como ver o mar
Foi a primeira vez que eu vi o mar
Onda azul, todo azul do mar
Daria pra beber todo azul do mar
Foi quando eu mergulhei no azul do mar
Onda que veio do azul do mar


publicidade