fotos de Roberta Miranda

Roberta Miranda

Sertanejo

Quem Sentiu (feat. Alcione) [Ao Vivo Em Estúdio]

Roberta Miranda

Quem sentiu uma tarde de sol tão bonita
Mas a alma nublada, sem graça
Quem fingiu não sentir a ausência do amor
Quando a noite caiu mentiu

Quem falou que não liga quando a madrugada
transpola a saudade, sufoca de dor, louco amor
Quem sentiu quando o amor da gente é arrancado do peito
Já sabe o que é dor

Quisera Deus admirar a lua, que enfeita a rua romantiza o amor
Quisera sim admirar estrelas, que jorram bela pra um sonhador

Se eu quiser desapareço qual uma gaivota
Me confundo com o arco-íris só pra sabotar
Mas não posso, nem careço de tomar veneno
Pois você tá no meu sangue vive a me matar
Mas sou forte que nem rocha vou sobrevivendo
Já me falta as paredes para eu roer
Que diacho de amor é esse que eu não tô entendendo
Que se dia amar o outro e manda o outro andar

Se eu quiser continuar com o brilho dos meus olhos
Se eu quiser sobreviver dependo do meu ar
Se eu quiser me proteger tenho que te esquecer
Não se prenda com uma taça se a outra quebrar
Se eu quiser faço promessa pro anjo da guarda
Que me guarde de mim mesma sem titubear
De que vale quebrar a casa sem virar a mesa
Pois você é o ladrão que insiste em me roubar

Para de ferrar a minha vida, Stop I Love You
Para de ferrar a minha vida, Stop I Love You

Quisera Deus admirar a lua, que enfeita a rua romantiza o amor
Quisera sim admirar estrelas que jorram bela pra um sonhador

Se eu quiser desapareço qual uma gaivota
Nem careço de tomar veneno
Mas sou forte que nem rocha vou sobrevivendo
Já me falta as paredes para eu roer
Que diacho de amor é esse que eu não entendendo
Que se dia amar o outro e manda o outro andar

Para de ferrar a minha vida, Stop I Love You
Para de ferrar a minha vida, Stop I Love You






Envie essa música para um amigo

Album: 25 Anos - Ao vivo Em Estúdio (2013)
Gravadora: Som Livre
Ano: 2013
Faixa: 11
  • publicidade