fotos de Roberta Miranda

Roberta Miranda

Sertanejo

Maria (Ao Vivo Em Estúdio)

Roberta Miranda

Eu tenho tanto amor por ela
Que até hoje, quando o vento
Bate no meu rosto eu sinto o
Perfume da minha mãe.
Então vou tenta, vou tenta
E cantar Maria, que é a dona
De tudo, brigada mãe te amo
Te amo, te amo.

Não peça pra te explicar
O que eu não consigo entender
Já faz tanto tempo eu sei
Esperava você

Você vem em forma de nuvem
A força maior me faz crer
Em eras de tempos antigos
Eu já partencia a você

Maria sou sangue tua carne
Conheço tuas intranhas
Me esconde das grandes ciladas
Maria me põe pra dormir

Tua mão delicada escreve
A estrada que eu tenho a seguir.

Maria oculta minha face
As vezes preciso mentir
Más não te escondo as verdades
Teus olhos já falam por mim

Sou tua cirança e sem graça
Maria pra você não cresci.

Maria oculta minha face
As vezes preciso mentir
Más não te escondo as verdades
Teus olhos já falam por mim

Sou tua cirança e sem graça
Maria pra você não cresci.

Maria sou sangue tua carne
Conheço tuas intranhas
Me esconde das grandes ciladas
Maria me põe pra dormir

Sou tua cirança e sem graça
Maria pra você não cresci.

Maria, Maria, Maria mãe

Envie essa música para um amigo

Album: Volume 1 (1986)
Gravadora: Continental
Ano: 1986
Faixa: 8
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Do Fundo do Meu Coração
  • 02 Só Nós Dois
  • 03 Atração Fatal (Ao Vivo)
  • 04 A Majestade, O Sabiá
  • 05 Meu País
  • 06 Luar Do Sertão
  • 07 Chamego E Remelexo
  • 08 Vá Com Deus (Ao Vivo Em Estúdio)
  • 09 Dança Das Chamas
  • 10 Lisboa Antiga