fotos de Roberta Miranda

Roberta Miranda

Sertanejo

Ídolo de Pano

Roberta Miranda

Você, um rosto que sorri
Quem é que se esconde aí?
Atrás da porta tem segredos
Mas não quero abrir

Você, metade gente, máscara
Alguém que projetei pra mim
Meu sonho não tem importância
Se desfaz com o tempo

Será que você é humano
Será que você é de pano
Será que é uma cópia em gesso

Será que é imaginação
Será que foi carência
A minha projeção

Será que foi fruto do ódio
Será que tudo foi mentira

A febre que nos atordoa
Foi tudo alucinação
Por que é que a gente ama à toa?
Fala coração

Envie essa música para um amigo
  • publicidade