fotos de Roberta Miranda

Roberta Miranda

Sertanejo

Chuva de Amor / Sentado à Beira do Caminho / Cabecinha no Ombro / Sonhos / De Igual pra Igual (Ao Vivo)

Roberta Miranda

Quando amanheceu você era saudade
Não continuou naquela tempestade
Eu que fui a vítima do temporal
Chorei no lençol

Você foi amor, vendaval e paixão
Que me fez lembrar a chuva de verão
Que cai de repente, molha e vai embora
Depois vem o sol

Vem a chuva e molha o meu rosto
Ah, choro tanto
Minhas lágrimas
E os pingos dessa chuva
Se confundem com o meu pranto

Olho prá mim mesmo e procuro
Eu não encontro nada
Sou um pobre resto de esperança
À beira de uma estrada

Preciso acabar logo com isso
Preciso lembrar que eu existo
Que eu existo...

Amor, eu quero o teu carinho, porque eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora, se ela vai embora
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora, porque gosta de mim

Mas não tem revolta não
Eu só quero
Que você entenda
Ter saudade até que é bom
É melhor que caminhar sozinho
A esperança é um Dom
Que eu tenho em mim
Eu tenho sim
Não tem desespero não
Você me ensinou
Milhões de coisas
Tenho um sonho em minhas mãos
Amanhã será um outro dia
Certamente eu vou ser mais feliz

Não toque em mim
Eu descobri que você não é nada
Não podemos seguir juntos nessa estrada
É o fim do amor sincero que eu senti
Aprendi
Fazer amor pra te ferir sem sentir nada
Enquanto eu amava, você me enganava
De igual pra igual
Quem sabe a gente pode ser feliz

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Atração Fatal
  • 02 Saudade Infinita
  • 03 A Rural II
  • 04 A Majestade, O Sabiá
  • 05 Amanhã
  • 06 Boate Azul (feat. Day & Lara)
  • 07 Coisas Que Não Voltam Mais
  • 08 Pot-Pourri: Carinho - Tô Querendo (Esse Tempo Todo) - Me Dá um Beijo (Ao Vivo Em Estúdio)
  • 09 Faz Amor Comigo (Ao Vivo)
  • 10 Conflitos