O Bode E A Cabra

Rita Lee

O bode saiu com a cabra
Foram andar a pé
O bode pisou na cabra
A cabra gritou mé

A cabra gritou méiéié
A cabra gritou mé

A cabra estremecida
De tanta dor no pé
O bode arrependido
Pediu desculpas mé

Pediu desculpas méiéié
Pediu desculpas mé

A cabra então se contorcia
De dor no pé
Pois não havia o que curasse
O chulé

O bode foi tomar banho
O que não dava pé
A cabra toda assustada
Tornou a gritar mé

Tornou a gritar méiéié
Tornou a gritar mé

O bode então não se arriscou
Deu marcha ré
A cabra se entusiasmou
Deu no pé

E agora acabou-se a história
Contei pra quem quiser
O bode beijou a cabra
Sarou a dor no pé

Sarou a dor no péiéié
Sarou a dor no pé