S.O.S.

Raul Seixas

Hoje é domingo missa e praia céu de anil
Tem sangue no jornal, bandeiras na avenida Zil
Lá por detrás da triste linda Zona Sul
Vai tudo muito bem, formigas que trafegam sem porquê

E das janelas desses quartos de pensão
Eu como vetor, tranqüilo tento uma transmutação
Ô, ô, ô seu moço do disco voador
Me leve com você, prá onde você for

Ô, ô, ô seu moço mas não me deixe aqui
Enquanto eu sei que tem tanta estrela por aí.

(Intro)

Andei rezando para tótens e Jesus
Jamais olhei pro céu, meu disco voador além
Já fui macaco em domingos glaciais,
Atlantas colossais, que eu não soube como utilizar

E nas mensagens que nos chegam sem parar
Ninguém, ninguém pode notar Estão muito ocupados prá pensar.
Ô, ô, ô seu moço do disco voador
Me leve com você, prá onde você for

Ô, ô, ô seu moço mas não me deixe aqui
Enquanto eu sei que vem tanta estrela por aí.


Envie essa música para um amigo

Album: Coleção Eldorado: Se o Rádio Não Toca... (1996)
Gravadora:
Ano: 1996
Faixa: 11
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Metamorfose Ambulante
  • 02 Ouro do Tolo
  • 03 Tente Outra Vez
  • 04 Anos 80
  • 05 Carimbador Maluco
  • 06 Gita
  • 07 Maluco Beleza
  • 08 O Dia em que a Terra Parou
  • 09 O Homem
  • 10 Judas