Rock das Aranhas

Raul Seixas

Subi no muro do quintal
E vi uma transa que não é normal
E ninguém vai acreditar
Eu vi duas mulher
botando aranha prá brigar

Duas aranha, duas aranhas
Duas aranha, duas aranhas
Vem cá mulher deixa de manha
Minha cobra quer comer sua aranha

Meu corpo todo se tremeu
E nem minha cobra entendeu
Cumé que pode duas aranha se esfregando
Eu tô sabendo, alguma coisa tá faltando

É minha cobra, cobra criada
É minha cobra, cobra criada
Vem cá mulher deixa de manha
Minha cobra quer comer sua aranha

Deve ter uma boa explicação
O que é que essas aranha tão fazendo ali no chão
Uma em cima, outra embaixo
A cobra perguntando onde é que eu me encaixo?

É minha cobra, cobra criada
É minha cobra, cobra criada
Vem cá mulher deixa de manha
Minha cobra quer comer sua aranha

Soltei a cobra e ela foi direto
Foi pro meio das aranha
Prá mostrar como é que é certo
Cobra com aranha é que dá pé
Aranha com aranha sempre deu jacaré

É minha cobra, cobra com aranha
É minha cobra com as aranha
Vem cá mulher...

É o rock das aranhas
É o rock das aranha
Vem cá mulher deixa de manha
Minha cobra quer comer sua aranha


Envie essa música para um amigo

As Profecias
Album: As Profecias
Gravadora: WM Brazil
Ano: 1994
Faixa: 1
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Gita
  • 02 Capim Guiné
  • 03 Coisas do Coração
  • 04 O Trem das Sete
  • 05 Tente Outra Vez
  • 06 Metamorfose Ambulante
  • 07 Maluco Beleza
  • 08 Medo Da Chuva
  • 09 Al Capone
  • 10 Cowboy fora da lei