foto

Minha Lei (feat. Massao, Apolo & Rodrigo Ogi) [Ao Vivo]

Rael

O rap é minha lei
Desde os tempos de moleque é o que sei
Vem de favela que nem samba–canção
Verso, capela, em forma de oração
Roda de rima vira celebração
Em cada canto, esquina, uma versão

É minha lei
Pronto, tá
Então tamo executando os planos
Tive observando, vamô nessa meus manos
Não pensem que eu me distanciei
Só precisei de silêncio
Meditar que nem sensei
Pra falar sobre o que sei
Sobre o quanto dediquei
De como é o recomeço pelo tanto que andei
Reconheço que errei
Dessas não me arrependo
As forças que encontrei, essas que te recomendo
Relendo
Entendo tudo como um processo lento
E do fundo desse mundo
Penso quando acendo um incenso
Vagabundo, me convenço que o bagulho é denso
S P R A P
Sou Massao no consenso, O Terço

E eu domino o terreno
Fogo no seu reino
Sou “Insane the Brain”
E meu verso incêndio
Tentam me alcançar no radar
Mas eu sempre fui “avant-garde”
E dobro muitas pernas feito golpes de muay thai
Ou do Mike Tyson, psico
“Don´t Believe tha hype”
Gueto diamante sai som, jaaah
No rap eu sou “Soldier”
No clássico “boom bap” de hey, ho, yaaa
Palavra afiada
Minha espada eu sou um samurai no flow

(Refrão)
O rap é minha lei
Desde os tempos de moleque é o que sei
Vem de favela que nem samba–canção
Verso, capela, em forma de oração
Roda de rima vira celebração
Em cada canto, esquina, uma versão

O rap é minha lei também, parça
Provoca e não disfarça
Maloca, realidade vive em cada batida que toca
Foca na vida e na voz de quem nunca teve voz
E a rima diz quem tá com nóis quando geral bota a mão pra cima
Revolução, cultura em erupção
Com a magia no sorriso ao acorde da canção
Não foi por nada que apareceu na minha casa, tio
Chega na sua casa mais do que nada como nunca se viu
R A P é minha lei
Sem vacilo onde andei, retratei
Já falei, tá tranquilo
Eu sigo, me ligo, naquilo que sou
Representativo comigo onde vou
Apolo é perigo no beat e no flow
Escuta o que eu digo é motivo do show

Então me passa o microfone que eu desenvolvi
Batida, rima, verso, flow, ouve aí
Cheguei chegando, diversificando
No muro implantando som
Arquitetando que nem Gaudí

Servi o exército do rap também
Usei de farda, calça larga e a camisa do Wu Tang!
É triste ver o que tem acontecido
Os MC que não respeita ninguém envaidecido
Se sente sempre o superstar, bem convencido
Faz seus trap, rap lá
Pode pá, mas não comigo
O rap que eu sigo deu voz aos marginais
DJ!
“Mostra pra esses cú como é que faz”

É pesado
Batida, verso, rima
Tudo bem bolado
Bem longe dos comédia e desses arrombado
Não fica de conversa e nem manda recado
É minha lei, já falei

É pesado
Batida, verso, rima
Tudo bem bolado
Bem longe dos comédia e desses arrombado
Não fica de conversa e nem manda recado
É minha lei, já falei
R A P

É pesado
É minha lei
publicidade
publicidade