Quadribanda

Fotos Na Estante

Quadribanda

Sem mais nem menos
Sem remédio, sem desculpa
Em horas tortas
Horas tímidas, ocultas
Pelas esquinas
De olhares indiscretos
O nosso amor
Amor claro de objeto
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto
Sem dor ou crise
Amor simples e direto
Entre os pássaros de couro descansando nas estantes
Pelas costas amarelas dessas fotos insinceras
Descrevi lindas mentiras tão terríveis quanto belas
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto
Desenhei miragens tolas
Nas margens do seu deserto
E uma verdade impossível
Só pra ter você por perto

publicidade