Só vou parar de correr
quando chegar no inferno
abotoando meu terno de pinho
E você sabe que eu
que eu não vou sozinho
vou arranjar pra você
um paletó de madeira
- essa a minha maneira de te agradecer -
A indesejada das gentes
com o capuz e a foice
está atrás de você,
não seja bobo, malandro
ela não é comunista
tem o seu nome na lista
pde chamar
o taxidermista

Leve uma vida correta
não uma vida careta
viva a vida como dinamite e não espoleta

Não acelere na curva
E vai tirando essa mão-boba
de dentro do porta-luvas
Dessa vez a sua máquina
não vai te ajudar
seja a nove, o cano, o berro, o ferro, o oitão,
ou a AK
é tudo doce pra ela
mastigar
Isso aqui não é sorteio
mas você vai ganhar
uma passagem só de ida
para a Terra do Pé Junto
No menu do restaurante
você vai ser o presunto
recheado de azeitonas
e encerrado o assunto


Leve uma vida correta
não uma vida careta
viva a vida como dinamite
e não como espoleta
Leve uma vida correta
não uma vida careta
viva a vida como dinamite
e não como espoleta

Quando eu entrar
nessa fila
que vai dar no inferno
eu vou levar a tequila
e um baralho bacana
vamos jogar um tempão
bater um truco nojento
e o meu parceiro de mesa
vai ser o fedorento
não adiante roubar
nem ser esperto e maroto,
pois enfrentando o
canhoto
não há como ganhar
Chame o Oswald de Souza pra calcular
as chances que vai ter
que a vida vai te dar

Leve uma vida correta
não uma vida careta
viva a vida como dinamite
e não como espoleta
Leve uma vida correta
não uma vida careta
viva a vida como dinamite
e não como espoleta
publicidade