foto

É Isso Que Eu Tenho No Sangue

Planet Hemp

Eu admito que a ocasião é boa
Em cima de um samba-funk
O pensamento absolutamente junkie
O bumbo é como um soco
A caixa é como um tapa
O som nasceu no Andaraí e se criou na Lapa
Me lembro muito bem, ouvindo Jorge Ben
Que o homem que matou o homem mau era mau também
Eu sei o que faço e não me embaraço
Se me deixar falar eu vou causar um estardalhaço
Então vê se não vacila, chega devagar, devagarinho, tipo Martinho da Vila
D.Z. Cuts nas batidas não tem competição

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop verdadeiro

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop verdadeiro

M D2 de volta na segunda parte
Com microfone na mão eu faço a minha arte
Respeito os verdadeiros, não xerox de MCs
"Paranóia Delirante" como diz Dentinho e X
Tênis, calça jeans, camisa e sem identidade
Eu continuo no rolé pelo centro da cidade
Só tenho 10 conto pra tomar uma Skol
Mas a vida inteira pra ver o raiar do sol
Eu sempre fumo e nunca durmo e abro novas portas
O DJ toca a base, mas sabe o que importa?
Não fico de braços cruzados esperando a ajuda da Unesco
No meu caminho ando pra frente sempre em passos gigantescos

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop verdadeiro

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop verdadeiro

Mas que vergonha, pensou que eu não fosse falar de maconha?
Eu vou rimando um pouco pra passar minha insônia
Enquanto você sonha que tomará meu microfone
Com a minha habilidade vocal, minha família não passa fome
Alguns seguem firme e fortes na luta
Enquanto outros rebolam a bunda na TV como prostitutas
Você teve 10 em fantasia
Caprichou na maquiagem, mas perdeu em harmonia
Meu estilo é carioca, preparado pra guerra
Eu passo massacrando, igual Hidelbrando com a sua serra

Tradicionalmente misturo o sampler e o pandeiro
É isso que eu tenho no sangue: o Hip Hop brasileiro

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop verdadeiro

Hip Hop é o ar que eu respiro
A sabedoria de quem não precisa resolver mais no tiro
É o DJ, B-boy, MC, Grafiteiro
É isso que eu tenho no sangue, o Hip Hop brasileiro

compositores: Marcelo D2
publicidade
publicidade