foto

Amor Sem Preconceito

Pedro Miranda

Ciúmes, despeito
Me deixaram esse ressentimento
A que tenho direito
Meus olhos, nem choram mais
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz

Ciúmes, despeito
Me deixaram esse ressentimento
A que tenho direito
Meus olhos, nem choram mais
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz

Meu pecado foi te amar demais
Esquecendo de mim
Sem amor próprio a vida da gente acaba sempre assim
Me coloquei à teus pés
Entreguei amor, sem preconceito
E hoje trago e guardo comigo
Tanta dor dentro do peito

Ciúmes, despeito
Me deixaram esse ressentimento
A que tenho direito
Meus olhos, nem choram mais
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz

Meu pecado foi te amar demais
Esquecendo de mim
Sem amor próprio a vida da gente fica sempre assim
Me coloquei à teus pés
Entreguei amor, sem preconceito
E hoje trago e guardo comigo
Tanta dor dentro do peito

Ciúmes, despeito
Me deixaram esse ressentimento
A que tenho direito
Meus olhos, nem choram mais
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz

Ciúmes, despeito
Me deixaram esse ressentimento
A que tenho direito
Meus olhos, nem choram mais
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz
Pelas ruas caminho buscando
Um pouquinho de paz
publicidade