foto

Mistérios do Coração

Pala Velho

Conheci uma moça da fazendaEspero que me compreenda, a história contarei:Vim da cidade pra buscar tranquilidadePois dizem que no campo por certo encontrareiMas vejam só que destino caborteiro
Percorri o mundo inteiro e no interior fui encontrar
Uma moça, com jeitinho de menina
Que brinca sem maldade e sorria sem parar

Essa é a hitória de um peão apaixonado
Que meio por acaso foi parar lá no rincão
E só lembrava da moça da fazenda
Seu jeitinho encabulado mistérios do coração (bis)

Eu fui chegando pedi como se chamava
Pois já não aguentava a espera dói demais
E ela me olhou e me atirou um beijo
Depois saiu correndo como se fosse nunca mais

Se foi embora mas também já estou indo
E uma coisa estou sentindo com saudades irei ficar
Daquela moça, com jeitinho de menina
Que brincava sem maldade e sorria sem papar
publicidade