Eu sei que me amas senhor
Não vou deixar de te amar
Se eu tiver que passar
Pelo vale, dos espinhos
Aí também saboreio
Misericórdia e perdão
É para mim tua mão
Meu refugio, doce ninho

Estou mais perto de ti
Em teus braços sou mais forte
Nada, nada, nem a morte
Me separa desse amor
Em teus braços não há medo,
Tudo tem maior sentido
São teus braços meu abrigo
Oh meu Cristo redentor

São meu repouso teus braços
São sustento a minha cruz
Só em ti meu jesus
Vivo a plena, alegria
Se o vento sopra mais forte
Se a tempestade ameaça
No caminho tenho a graça
Da ternura, de Maria

Estou mais perto de ti
Em teus braços sou mais forte
Nada, nada, nem a morte
Me separa desse amor
Em teus braços não há medo,
Tudo tem maior sentido
São teus braços meu abrigo
Oh meu Cristo redentor
São teus braços meu abrigo
Oh meu Cristo redentor
publicidade