Os Originais do Samba

Lá Vem o Salgueiro

Os Originais do Samba

Se esse ano o Salgueir não ganhar
Eu posso até chorar
Mas no ano que vem novamente na avenida eu vou sambar
É, né, pois é!

Se esse ano o Salgueir não ganhar
Eu posso até chorar
Mas no ano que vem novamente na avenida eu vou sambar
É, né, pois é!

É, vermelho e branco
Sua bandeira, sua fibra, seu encanto
Na zona norte
Lá na Tijuca
Representando o Rio de Janeiro
Lá vem Salgueiro!
Lá vem Salgueiro!
É, né, pois é!

Se esse ano o Salgueir não ganhar
Eu posso até chorar
Mas no ano que vem novamente na avenida eu vou sambar
É, né, pois é!

Se esse ano o Salgueir não ganhar
Eu posso até chorar
Mas no ano que vem novamente na avenida eu vou sambar
É, né, pois é!

É, vermelho e branco
Sua bandeira, sua fibra, seu encanto
Na zona norte
Lá na Tijuca
Representando o Rio de Janeiro
Lá vem Salgueiro!
Lá vem Salgueiro!
É, né, pois é!
publicidade