Os Mateadores

Galope Do Mouro

Os Mateadores

(Galopa, galopa meu mouro
Me leva pra ver as donzelas
Que a tarde vai cair no cerros
E eu vou cair nos braços delas)

Hoje levantei com sede da estrada
Atirei as garras no meu pingo mouro
Apertei a cincha calcei as esporas
Sai mundo afora campeando namoro

Soltei a tristeza pro fim da invernada
Bebi alegrias no sorriso das sangas
Deixei a saudade na encruzilhada
E adocei minh'alma com sabor das pitangas
publicidade