Tiro que matou assessor de Leonardo foi acidental

, 14h25, por Amanda Ramalho
Reprodução Instagram Leonardo

Milton Rodrigues, também conhecido como Passim, e assessor do sertanejo Leonardo morreu após um disparo acidental na noite de ontem, na fazenda Talismã, em Jussara, no oeste do estado . A polícia ainda investiga as circustâncias do acidente.

Passim tinha 60 anos e foi encontrado morto em um dos banheiros da fazenda do cantor. 

Segundo relato do delegado Kléber Toledo, responsável pelo caso, ao "G1", o assessor estava com uma arma, a qual disparou acidentalmente e atingiu a mão. O segundo tiro teria atingido a perna esquerda.

A Polícia Civil informou que, a princípio, ele estava sozinho no momento do acidente e foi a um banheiro para tentar estancar o sangramento, mas não resistiu à hemorragia e morreu dentro do cômodo.

A investigação indica que os tiros foram disparados por volta de 2h, mas o corpo só foi encontrado às 12h30. Anteriormente foi noticiado como possível suicídio, mas a Polícia Civil e a Polícia Técnico Científica descartou a possibilidade após uma perícia inicial.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta a nossa página no Facebook!

Ouvir músicas do Leonardo