Mulher sofre AVC após estalar o pescoço

, 15h38, por Amanda Ramalho
Divulgação

Você que tem costume de estalar o pescoço sabia que pode prejudicar o seu corpo e causar problemas graves como um infarto ou AVC? Foi o que aconteceu com uma jovem de 23 anos chamada Natalie.

Segundo o site "Daily Mail", a mulher sofreu um acidente vascular após estalar o pescoço. Tudo começou depois que Natalie voltou de uma festa e deitou-se na cama. Acidentalmente ele estalou o pescoço e pouco tempo depois começou a sentir que havia algo estranho com os movimentos da perna esquerda.

"Eu tentei andar até o banheiro e estava balançando toda. Olhei para baixo e percebi que não estava mexendo minha perna esquerda, aí caí no chão. Meu amigo pensou que eu estava bêbada, mas eu sabia que algo estava diferente. Pensei que tivesse sido drogada", contou.

Por trabalhar para o serviço de ambulâncias de Londres e ver casos semelhantes, ela pensou que estava apenas alcoolizada. Apesar disso, ela foi ao hopistal e lá foi informada de que havia rompido a artéria vertebral (provavelmente ao estalar o pescoço), fazendo com que um coágulo se formasse em seu cérebro e ocasionasse um derrame.

Foi preciso uma cirurgia para reparar a artéria entupida usando um stent. Eles acreditam que o coágulo em seu cérebro dissolverá sozinho, mas, ainda assim, Natalie segue enfrentando as consequências do AVC.

Ela segue com o lado esquerdo do corpo paralisado e sem previsão de melhora total.

Normalmente, um acidente vascular tem como gatilho condições de saúde como hipertensão, diabetes, colesterol alto, arritmia cardíaca ou o hábito de fumar. 

Segundo a American Heart Association (AHA), manipular o pescoço de forma a fazê-lo estalar pode ocasionar em uma dissecção em artérias da região cervical, provocando um AVC.

"A dissecção arterial pode causar AVC isquêmico [o que 'entope' o vaso] caso se formem coágulos na região depois de um trauma no pescoço e eles causem, posteriormente, bloqueio dos vasos sanguíneos no cérebro", afirma a associação.

E aí, melhor a gente parar com esse costume, hein?!

Fonte: Camaçari Notícias