buscar

Justiça desbloqueia R$ 2,8 milhões da cantora Anitta

, 12h16, por Alexandre Murari
Divulgação

O desembargador Adolpho Andrade Mello, da 9ª Câmara Cível da Justiça do Rio de Janeiro, determinou o desbloqueio de quase três milhões em bens da cantora Anitta, por conta de uma batalha judicial que trava com a sua ex-empresária Kamila Fialho.

→ Drake quebra recorde dos Beatles com 'Scorpion'

→ Após críticas, Nego do Borel nega apoio a Bolsonaro

O bloqueio tinha acontecido em favor de Kamilla Fialho, sócia da companhia de empresariamento artístico K2L, que deixou de tomar conta da carreira de Anitta em 2014. Kamilla abriu um processo por danos morais e também para exigir a prestação de contas da cantora por Anitta, segundo ela por não ter pago uma multa referente à rescisão de contrato.

Comentários

versão clássica © 2014