buscar

G15 processa marca de camiseta e Justiša suspende vendas

, 13h42, por Alexandre Murari
Divulgação

Foi determinado em liminar nesta quarta-feira, 10, no Tribunal de Justiça do Rio, o TJ-RJ, que a marca de roupas Reserva não poderá mais vender as suas camisetas que trazem estampadas os versos da música "Deu Onda", do MC G15.

→ "En La Cara" é a versão espanhola de "Sua Cara", do Major Lazer

→ Chris Brown posta vídeo com funk de Mc Maiquinho

O processo havia sido movido pelo funkeiro em dezembro de 2017, quando ele alegou que a empresa dona da grife, a Tiferet Comércio de Roupas, usou as frases do refrão do hit do verão do ano passado em suas estampas.

→ Morre, aos 80 anos, por falência de órgãos, Ruy Faria, do MPB4

Segundo o advogado do funkeiro, André Morrissy, as camisetas infringem a lei de direitos autorais, já que o cantor não deu permissão para o uso. Ele também pede indenização pela venda das camisetas e por danos. "Se o músico quiser comercializar produtos com a mesma letra ele pode ser prejudicado", diz Morrissy.

A empresa já comunicou que tirou os modelos de seu site após a decisão judicial. "As partes envolvidas já estão em contato para esclarecer o ocorrido", revela a marca através de sua assessoria de imprensa.

Esta é a segunda vez que a grife é processada por usar trechos de músicas sem premissão. Em maio de 2017, o TJ-RJ determinou que a Reserva parasse de vender camisetas com versos de músicas de Tim Maia.

Comentários

versão clássica © 2014