Ex-Fresno é criticado após comentar a morte de Rezende

, 10h53, por Alexandre Murari
Divulgação

Neste último sábado, 16, o jornalista Marcelo Rezende morreu, aos 65 anos, por conta de um câncer no pâncreas que o levou à falência múltipla dos órgãos, segundo informações do Hospital Moriah, de São Paulo - SP. Vale lembrar que, há pouco tempo, Marcelo abandonou o tratamento de quimioterapia e confiou a sua melhora apenas na fé e em Deus.

→ "Evidências" é a faixa mais cantada nos karaôkes do Brasil

→ Gabi Lopes estrela em clipe do cantor Gus

Reconhecido por todo o Brasil devido ao seu trabalho jornalístico, Rezende e sua morte viraram assunto nas redes sociais. Portanto, o comentário de Esteban Tavares, ex-Fresno, deu motivo a uma polêmica. No Twitter, o músico gaúcho cravou que "Marcelo Rezende embalou negando a medicina e acreditando na cura divina".

→ Assista a "Perro Fiel", novo clipe da Shakira

Rapidamente, seguidores bombardearam Tavares com críticas por conta de seu post. Em entrevista ao jornal Zero Hora, Esteban disse que foi mal interpretado:

"Eu não coloquei em dúvida nem a medicina, nem a religião, só uma coisa que era de conhecimento de todos e eu fiz um comentário dizendo que ele faleceu não acreditando mais na medicina, buscando uma cura divina. E isso eu sei que é direito de cada pessoa no mundo, cada um pensa do jeito que quiser, cada um tem o seu direito de escolher o jeito mais confortável que acredita que vá ficar. Isso independente das minhas crenças, independe das crenças de todo mundo, isso é uma coisa do sentimento do ser humano e do indivíduo", explicou.

Em uma cerimônia restrita para família, Marcelo Rezende foi enterrado neste domingo, 17, no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, após ter sido velado na Assembleia Legislativa da cidade.