Demi Lovato teria recusado outra internação, diz site

, 14h28, por Alexandre Murari
Divulgação

Após ter ido às pressas a um hospital por conta de uma overdose, a cantora Demi Lovato se viu em uma polêmica que não para de gerar rumores e especulações.

→ Demi ganha tatuagem em sua homenagem, Leão símbolo de força

Recentemente, por exemplo, o site TMZ informou que, assim que amigos e pessoas próximas notaram sinais de que havia recaída na conduta de Demi, a cantora teria negado a ideia de ser internada em uma clínica de reabilitação.

→ Paul McCartney fará show gratuito e avisa pelo Twitter

Os amigos de Demi também contam que, mesmo antes do lançamento de "Sober", música em que ela relata a dura luta contra as drogas, a canadense já aparentava problemas com a dependência química.

Quanto ao cenário que se estabeleceu após o caso de recaída, por meio de um comunicado, a assessoria da cantora conta que a mídia vem cometendo alguns equívocos:

"Demi está acordada e com a família e quer agradecer a todos pelo amor, orações e apoio. Algumas informações dadas estão erradas e eles pedem por privacidade e parem de especular sobre sua saúde e sua recuperação é o mais importante agora".

Por conta da internação, alguns shows da cantora precisaram ser cancelados. Dentre eles está a presentação beneficente que Demi faria neste sábado, 29, em Toronto, Canadá, ao lado do cantor Jason Mraz.

"Dadas as circunstâncias que estão fora de nosso controle, não tocaremos em Toronto neste final de semana. Minhas sinceras desculpas aos meus fãs e aos de Demi. Desejamos a ela muita saúde e uma boa recuperação", escreveu ele em suas redes sociais.