Demi Lovato também se posiciona contra "cura gay"

, 10h06, por Alexandre Murari
Divulgação

Após artistas do Brasil se posicionarem contra a decisão do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal, que liberou a terapia de reversão sexual, também conhecida como "cura gay", que dá aos psicólogos a oportunidade de trabalhar a orientação sexual do seu paciente, Demi Lovato também levantou a bandeira contra a liminar.

→ The Killers está confirmada para festival no Brasil

→ Próxima canção de "Xeque-Mate", da Anitta, poderá ser com Kevinho

Em seu Facebook, a cantora norte-americana postou uma imagem que carrega o texto "Amor não é doença. É a cura. Trate seu preconceito". Na legenda da publicação, com as hashtags #respeito e #amor, Demi complementou: "Pensando em você hoje no Brasil. Espero ver esta decisão errada corrigida em breve."