Ataque com objetos pontiagudos mata Andrea Meyer, multi-instrumentista alemã

, 15h15, por Nicole Demartini

Nesse último final de semana, o mundo se chocou com o caso de Espen Andersen Brathen, um norueguês que atacou aleatoriamente pessoas pelas ruas e estabelecimentos na pequena cidade de Kongsberg, na Noruega.

Brathen, que está passando uma avaliação psiquiátrica em um centro médico, admitiu ter saído nas ruas para matar. Atacando com objetos pontiagudos as pessoas que cruzavam seu caminho, conseguiu assassinar cinco pessoas e ferir outras três.

Entre as vítimas, estava a multi-instrumentista e escritora alemã Andrea Meyer, conhecida pela sua colaboração nas bandas Cradle of Filth e Satyricon, de Black Metal. Com a sua morte, a artista deixa uma filha, fruto de seu relacionamento com Tomas “Samoth” Haugen, e uma legião de admiradores seu trabalho. 

A vocalista da banda homenageou Andrea:

Descanse em paz, Andrea Meyer. Andrea foi convidada em nosso álbum de estreia "The Principle Of Evil Made Flesh" e também modelou e dançou em nosso palco, bem como presidiu o ritual em nossos anos de formação. Ela fará muita falta e nosso profundo amor e simpatia vão para seus amigos e parentes.
 

Segundo as autoridades, o caso pode demorar meses para ser finalizado. Não é a primeira vez que Brathen tem passagem pela polícia.