Anti-vacina, Eric Clapton cai em contradição e faz show em local com restrição da Covid

, 10h44, por Amanda Ramalho
Divulgação Instagram Eric Clapton

Há algum tempo Eric Clapton disse que não faria apresentações se tivesse que excluir os não vacinados de seus shows. Super anti-vacina e contra as medidas de proteção contra o COVID-19, o guitarrista quebrou sua própria palavra.

Bom, essa não é a primeira vez que ele se contradiz. Eric se disse contra o imunizantes, mas depois de vacinado. Depois, ele achou um absurdo quando Boris Jonhson sugeriu exigir o "passaporte da vacina", no Reino Unido, achando ofensivo que as pessoas não vacinadas não frequentasse locais públicos, como casas de shows, por exemplo.

Na ocasião, ele afirmou que não participaria de "qualquer palco onde haja uma audiência discriminatória presente".

Mas segundo à revista "Rolling Stone", no último final de semana em New Orleans, Eric esqueceu o que disse e tocou no Smoothie King Center, um lugar em que foi exigido o comprovante de vacinação ou teste negativo de até 72 horas antes do evento. Como se não bastasse, o local também exige o uso de máscaras para pessoas que não estão comendo ou bebendo.

Até o momento, Eric ainda não se manifstou sobre ter feito um show em um local do qual não compactuava com a situação. A propósito ele tem mais algumas apresentações marcadas seguindo os mesmos protocolos de segurança sanitária.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!

Ouvir músicas do Eric Clapton