Anitta defende SUS e rebate as críticas: "não nasci em berço de ouro"

, 11h30, por Amanda Ramalho
Reprodução Instagram

Que o papel dos internautas é criticar antes mesmo de saber o que está acontecendo, isso nós sabemos muito bem. Quem se envolveu novamente em uma polêmica e acordou em meio aos julgadores da web foi a cantora Anitta.

Recentemente, em sua passagem por Miami, nos Estados Unidos, a artista contou que um taxista puxou assunto sobre a vacinação no Brasil. "Foi o primeiro assunto que ele puxou comigo, a vacina que já tem no Brasil. Não vou mentir que fiquei me gabando. 'No Brasil temos o SUS, o Sistema Público de Saúde, o Butantan'", contou.

Bom, é claro que os internautas iriam criticar a morena, que não deixou barato.

"Acordei sabendo que virei uma polêmica porque falei do SUS. Número um: o SUS não é só isso, já foi falado isso 750 mil vezes. Número dois: não nasci em berço de ouro, tá, gente? Já fui em hospitais públicos 750 milhões de vezes na minha vida. Inclusive, tem pouquíssimos anos que eu tenho plano de saúde particular. Eu e minha família. Tá bom? Durante muitos anos era o público. Beijão!", finalizou Anitta.

Para quem desconhece, o SUS surgiu em 22 de setembro 1988. Considerado um dos melhores sistemas de saúde público do mundo, o Sistema Único de Saúde realiza desde atendimentos simples aos mais complexos e oferece também atendimento de emergência as pessoas que sofrem acidentes (graves ou não) através do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Além disso, o SUS oferece vacinas e remédios gratuitamente para pessoas com diversas doenças (diabetes, pressão alta, asma, HIV e Alzheimer), financia pesquisas na área de epidemiologia e fiscaliza a qualidade dos alimentos oferecidos em estabelecimentos comercias por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em resumo: todos os brasileiros precisam e dependem do SUS sejam por um motivo ou outro.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta a nossa página no Facebook!

Ouvir músicas da Anitta