foto

Ao Meu Novo Amor

Nelson Ned

Quando eu me vi
Pela primeira vez na sua frente
Eu senti que nunca mais seria o mesmo
Quando eu me vi diante dos seus olhos
Eu pressenti que alguma coisa mudará em mim
Aquele impacto que a gente sente
Quando sabe que alguma coisa toca o nosso destino
Esse frio nas mãos, esse brilho nos olhos
Essa insônia
Esses poemas, antes esquecidos
O desejo, a conquista
Todos esses tesouros que eu pensava ter perdido
Estavam exatamente ali em minha frente
Guardados com você, meu novo amor
Deus te abençoe por me fazer amar de novo
Meu novo amor...

Por me fazer outra vez contar estrelas
Sorrir e chorar escondido na frente do espelho
Ser ridículo outra vez para os meus velhos amigos
Mas feliz o bastante para viver sem eles
Ahh o amor, o amor
Essa força estranha, sobre natural
Que faz ressucitar na gente
Aquele ser humano que nós dá saudades sempre
Eu já estava com saudades de mim
Eu me havia perdido e você me encontrou escondido
Lá dentro desse vegetal que eu quase cheguei a ser...

Meu novo amor, juntando os meus pedaços
Você reconstrui o novo ser humano
Que agora existe em mim
Pois hoje eu sou um novo ser
Abençoado, ressucitado
Pela força do milagre que é você
Meu novo amor.
publicidade
publicidade