fotos de Nelson Gonçalves

Nelson Gonçalves

Velha Guarda, MPB

O Começo

Nelson Gonçalves

As paredes do quarto ainda derramam
As histórias de um tempo que o vento levou
Sobre o corpo de um homem deitado na cama
Olhar preso no teto buscando uma chama

Pois na sua cabeça a lembrança da festa
É o fogo que resta do seu coração
E ele espera o boa noite o beijo pra poder dormir
Santo, salvo e são

E amanhã de manhã vai pedir um bom dia
Pra ele se olhando no espelho
Vai sair sem ouvir o conselho
Pra tomar cuidado e não se aborrecer

Vai ligar do trabalho e sentir
O telefone tocando, chamando, clamando
Vai sair da batalha e se impacientar
Pois está mais depressa em casa querendo chegar

AH! mais vai se perguntar vou chegar mais aonde
Por quê? Por quem? e pra quem? e pra quê?
Se eu não tenho hora e sem hora
Não dá mais pra viver

Sobe no elevador com a chave na mão
E lhe bate no peito dolorosa emoção
Abre a porta e nada de nada a não ser
O botão de uma blusa jogada no chão

E parado no meio da sala
As perguntas lhe assaltam e ele se revela
Não vai ser tudo mais fácil sem ela como eu pensei

Sem aquela, sem trela, sem querelas eu não tenho paz
Não é filme, é fato, é vida e sem a moça
Como é que se faz

Vai olhar as paredes do quarto
E sonhar as histórias que a vida levou
Vai apagar a luz e chorar como nunca
Uma homem de sua vivência chorou

Envie essa música para um amigo

Nelson, Moderno e Eterno
Album: Nelson, Moderno e Eterno
Gravadora: RCA Records Label
Ano: 2004
Faixa: 10
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Nem as Paredes Confesso
  • 02 Amigo
  • 03 Amigo Palavra Fácil
  • 04 A Voz Do Violão
  • 05 Aviso
  • 06 As Rosas Não Falam
  • 07 Amarga Confissao
  • 08 Ave Maria
  • 09 Fica Comigo Esta Noite
  • 10 Pensando Em Ti