fotos de Nelson Gonçalves

Nelson Gonçalves

Velha Guarda, MPB

Meu Buenos Aires Querido (Mi Buenos Aires Querido)

Nelson Gonçalves

Meu Buenos Aires querido
Quando te puder rever
Não haverá tristezas comigo

Até a lua lá na rua onde nasci
Foi sentinela de mil promessas de amor
Sobre sua ardente caridade eu a vi
A minha amada luminosa como um sol

Hoje que a sorte quer que eu te retorne a ver
Cidade amiga do meu único querer
Ouvindo a queixa de um bandonion
Dentro do peito mais palpita o coração

Meu Buenos Aires terra querida
Onde minha vida terminarei

Com o teu amparo não há desengano
Voam os anos se esquece a dor
Em caravanas as lembraças passam
Deixando um rastro doce de emoção

Quero que saibas que ao envocar-te
Se vão as penas do meu coração

La nas vielas do meu querido Arrabalde
Onde sorri na janela o meu amor
Quero de novo eu voltar a contemplar
Aqueles olhos que tão meigo sabem olhar

E quando ouço triste dolente canção
Chorando alguém assim cantando sua paixão
Uma promessa, um suspirar
Sinto uma lágrima em meus olhos deslizar

Meu Buenos Aires terra querida
Onde minha vida terminarei

Com o teu amparo não há desengano
Voam os anos se esquece a dor
Em caravanas as lembraças passam
Deixando um rastro doce de emoção

Quero que saibas que ao envocar-te
Se vão as penas do meu coração

Meu Buenos Aires querido
Quando te puder rever
Não haverá tristezas comigo

Envie essa música para um amigo

Album: Maxximum: Nelson Gonçalves (2005)
Gravadora:
Ano: 2005
Faixa: 8
  • publicidade