foto

Comentário

Nelson Gonçalves

Esse que passa por aí, senhores
Já foi boêmio também
Já teve muitos amores
Hoje vive sem ninguém

Às vezes fico pensando:
O destino quando quer
Um homem se derrotando
Por causa de uma mulher

Esse que vive sozinho
Sem ter um carinho
Com amor qualquer
Ele perdeu a saúde,
Perdeu os amigos e a própria mulher

Esse que vive chorando,
Sozinho falando
Parece ninguém
Mas esse que passa por aí, senhores
Já foi boêmio também
publicidade