Nando Reis

Pra Musa

Nando Reis

Oh musa inspiradora
Minha solidão, vem povoar seus motivos
Qual língua flui na boca
E toda palavra renova o sentido

Que nunca é igual, não vai repetir
Não pode acabar, nunca chega ao fim
Não há nada igual quando vem aqui
Não vai terminar

Pra musa inspiradora
Fiz essa canção como o seu sorriso
Assim, caminha, voa
Não há solução, se tudo é possível

E nunca é igual, não vou repetir
Não posso acabar, nunca chega ao fim
Não há nada igual, quando venho aqui
Não vou terminar

Que nunca é igual, não vai repetir
Não pode acabar, nunca chega ao fim
Não há nada igual, quando vem aqui
Não vai terminar

E nunca é igual, não vou repetir
Não posso acabar, nunca, nunca chega ao fim
Não há nada igual, quando venho aqui
Não vou terminar
publicidade