foto

Pra Jogo (feat. Kamila CDD, Rapadura & Projota)

Mv Bill

Refrão:
Quem tá no jogo sabe é uma competição
Quem não tiver vitória não tem condecoração
Uma jogada certa pra quem quer ganhar
Tem jogar porque a regra é clara
Quem tem confiança em si próprio bota a cara
Não perde sem deixar de lutar, medo de errar
Caiu, levanta, tenta outra vez
Se você nasceu guerreiro, D,eus assim te fez

Quem chegou veste a camisa, motiva
Divisa, torcida que vibra e reprisa o que imortaliza
Todos querem gol, o campeonato, estádio a baixo
Sai do anonimato de baixo pro alto
Só cabra macho, oxí, minha raça não pausa ataca
O time de vaza, deixa rede em brava, emplaca
Tem amor pela casa, não é só a grana que chama
Arte inflama a chama que intrama a fama o drible, reclama
Só come grama

O rap persegue mais não consegue
Nordeste bom como a peste se entregue
Se envergue e pegue o coice do jegue
Só fica poeira, tremedeira, estrangeira
Platéia cheia que anseia a rede alheia
Golpeia zagueiro de luto, goleiro puto
Publico mudo, matuto é insulto
Tumulto a fundo com bola e tudo
Sem era nem beira, cuscuz, macaxeira
Tem a chuteira pra vida inteira
Só seleção brasileira

[Refrão]

Numa superfície plana e retangular
Quando eu entro em quadra o jogo é sério
Eu entro pra ganhar, penso em vitória quando piso na grama
Energia de vitoriosa no meu punho inflama
Eu vou sacar com a minha força incendiaria
Vou quebrar o serviço no game da adversária
Quadra dividida pra mim é o jogo da minha vida
Se bater com força, vai ter força na minha rebatida
Vou defender o meu lado da quadra
Também vou partir pro ataque com a pressão na raquetada
Partida acirrada foco no confronto,
Comemoração e concentração a cada ponto
A cada lance, a cada sete, sendo eficiente
Mesmo estando em baixo do sol quente
Quero mais que participar o jogo é sério
E eu quero o primeiro lugar

[Refrão]

Se meu oponente não tiver atento eu derrubo
A adrenalina cresce quando no óctogono eu subo
Sem desconcentrar senão ele que me detona
Um segundo desatento é necessário pra beijar a lona
Me preparei, eu treinei pra ganhar sem afobação
Vou levar pro chão finalizar, imobilizar
Fazer ele bater três vezes
Tô me preparando pra essa luta faz uns meses
Eu vou lutar e defender meu cinturão
Vou partir pra cima com a guarda alta para trocação
Na pressão, sufocar o desafiante
Acredita em mim isso me deixa confiante
Peso pesado, minha categoria
Luva preta de pedra representando a maioria
Depois de atropelar mostrando tudo que sei
Aperto a mão do adversário pra mostrar o meu (?)

[Refrão]

Sigo dropando a vida,
Cada descida me impulsiona pra voar mais alto na subida
Sem capacete sem nenhuma proteção
É uma chance só, preciso de um 99 na seção
Sonho de campeão, corpo ralado, fraturado,
Remendado, tô curado e pronto pra missão
O desafio existe o corrimão é batalhão
Minha oração na benção de são (?)
Insiste quando cai, de quantos vezes tiver que ser
Pra transformar em trabalho o meu lazer
Pra ser profissional na arte de viver
Por isso é minha perna treme até o nucleo terrestre tremer
720 graus de visão pra cada obstáculo
Não seja palho pro meu espetáculo
Concentração, respiração (?)
Libera a pista por que vai descer um campeão

[Refrão]

publicidade