foto

Língua de Tamanduá

MV Bill

Seja como for / Não faço minha parada esperando nego
dar valor / Gente fala mal / E acha que minha rima
vale menos que um real / Não compra, não valoriza,
minimiza / Se um dia eu acertar você me avisa / Fala
por não ter o que dizer / O que fazer? Me ensina que
eu quero aprender / Língua de tamanduá / O linguarudo
/ Fala até do que não vê / Fala tu, fala eu / Foi
assim que o nosso líder se perdeu / Língua de metro
que se complicou / Foi sua fala que me fortificou /
Pra mim não pega nada, não sou clone de ninguém / Eu
sou por Deus, sou por mim, por nós e por alguém / Pode
abaixar o facho pra não dar cão / Língua solta é sem
moral aqui não tem valor / Sai da frente não gosto de
quem mente / E fala no meu nome quando estou ausente /
Pela saco o cara é fraco, nem se move / Nem tudo que o
garfo espetar se engole / Meus olhos coloridos me
fazem refletir / E enxerga o alemão que existe por
aqui / Que vive de bilhão na carreira do EMIVI / Pare
de candice com o leva e traz / Originalidade não é
assim o que se faz / Seja você, sem fantasia / Eu não
te sigo, pois é Deus que me guia / Família você não é /
Na hora de atacar você passou a marcha ré / Malandrão,
o que você falou vai voltar / Carregando com as
palavras que vão te cobrar / Sai da reta / Vai pro
outro lado / Se tiver mandado, calado / Pra não
empretecer pro seu lado / Vai ser até o talo,
consideração ficou de ralo / Hey, olha pra cá lembra
de mim / Aquele que você estava torcendo pelo fim / Eu
sou piranha "Braba" não aceito pilantragem / Presente
em carne, osso pele preta e tatuagem / Muito cuidado
se embarcar na minha viagem
publicidade
publicidade