foto

A Escolha é Sua

Mv Bill

JC é a vida como ela é, na companhia odo dia a polícia
no pé cada minuto durando uma eternidade, valorize a
sua vida sua liberdade, atrás das grades tratado como
bicho, muleque toma cuidado pra não se transformar em
lixo, o vício aliado certo sem mulher, o sistema te
esquece no inferno, eu já fui predador, e hoje sou o
alvo, só com os olhos abertos eu me sinto salvo, pra
polícia e pro presídio eu represento um troféu, hoje
eu tenho que sentir o gosto amargo do fel, pro céu,
pro inferno, o que será que vem, só sei que antes de
dormir eu rezo e digo amém, se quer vir então vem, é
um caminho sem volta, o bagulho é sinistro as chances
são remotas, espero que tenha sorte e não veja o sol
nascer quadrado, aqui trancado, aí fora furado,
hospitalizado, bazucado, enterrado, esquecido e fazendo
parte do passado, se eu pudesse estaria aí no seu
lugar, levando uma vida normal voltando a estudar, mas
não você se acha o foda, pra se mostrar pra mulher,
bota a roupa da moda desfila de fuzil no meio da favela
fuzil não é brinquedo, favela não tem passarelas, e se
a polícia te pega aí tu tá perdido, só aqui dentro é que
tem noção do perigo, um lugar onde o tempo demora a passar
fica rezando para alguém vir te visitar, e se tiver moral
vai ser respeitado, se for mais um vacilão vai ser almoçado

Tá ligado véi? o papo aqui é diferente, vacilou ficou
pequeno, pode acreditar, (?) barulho e nunca mais ficará
em pé ra ta ta ta (bis)

Na minha época respeito era o principal, não pela posição
mas pela moral, vacilão linguarudo não tinha vez, pagava
com a vida por tudo que fez, então não venha no seguro na
força de ninguém, se a chapa esquentar vão ripá sem olhar
a quem, vi muito malandro aqui dentro virar menina, vi
muito ladrão aqui chorar por cocaína, se liga na ideia se
liga no papo, se liga na rima que o maçarico vai te levar
de ralo, sua mãe e a favela inteira vão chorar, mas daqui
a dois minutos já tem outro em seu lugar, e se der sorte e
escapar da morte, tá no presídio carregando eternamente o
sobrenome de bandido, eu aqui já não tenho opção, mas você
tem liberdade, morte ou prisão,


Tá ligado véi? o papo aqui é diferente, vacilou ficou
pequeno, pode acreditar, (?) barulho e nunca mais ficará
em pé ra ta ta ta (bis)

Eu vivo aqui mas aqui eu me sinto morto, toda vez que eu
sinto cheiro de mofo, ih! tá chegando mais um otário, ladrão
bundão, trás pra cá seu funcionário, assaltante de bonde
roubava velhinha, vai assinar, qualquer coisa vai virar
canetinha, o anjo da cadeia, o anjo dá a cela, pela saco sem
conceito na favela, você tem uma chance de não passar por
isso, é sempre o povo pobre que sai no prejuízo, tá ligado
meu cumpade que a escolha é sua, um a menos na cadeia, um a
mais na rua, na cadeia não pode ter vacilação, fique na
atividade pra não cair no presídio meu irmão, a escolha é
sua, sua opção, a vida bandida te pega e te leva depois
desova no balão, então isso é ima ideia de quem tá ligado,
de quem ser livre não quer viver mais do seu passado, eu
não desejo pra você o que eu não quero pra mim, não quero
ver seu fim, não termine assim como eu, não sei se a idéia valeu,
você vai decidir porque o futuro é seu, eu vou pedir
a Deus pra te livrar da morte, ih! maluco você não deu sorte

publicidade
publicidade