Milionário e José Rico

Vinte Anos (Veinte Anõs)

Milionário e José Rico

Trago um sentimento triste sentimento
Que fere o meu peito numa profunda dor
Velhas ilusões que me traz os tempos
De uma história negra de um maldito amor.

A mulher que eu quis me deixou por outro
Eu segui seus passos e matei os dois
Eu não fui culpado porque estava louco,
Louco de ciúmes, louco de amor.

As leis da minha terra ditaram a sentença
Me deram sem clemência vinte anos de prisão
E aqui por entre as grades são longos os dias meus
Vendo o céu azulado onde se encontra Deus.

INTRODUÇÃO

REPETE

publicidade