foto

Gorilla Roxo

Matuê

(Yeah) Yeah

Ayy, ayy, ela quer dividir do que eu tenho
“Cartão, me passa a senha”
Cinto e calça da Balmain, yah
Sempre que eu tô na estrada
Ela quer sentar de graça
Não quer mais saber de nada
Ayy, ayy, ela só não quer mais ficar sozinha
Entra e chama as amiguinha
Droga e festa lá na minha casa
Fumando o Gorilla Roxo
Ela me chupa até eu ficar roxo
E nada lhe pára

Sabe que ela é duas
Quando o clima fecha, ela muda, ayy
Se eu sou o Sol, ela é a Lua
Ainda mais quando ela tá nua, ayy
Ela sabe, minha carteira é sua
Tudo pr'eu ser dono daquela bunda, ayy
Não sei se eu tomеi um LSD
E o horizonte tá fazendo a curva
Eu sou Tuê, prazer, eu sou a cura
Eu vim pra desembaçar sua vida turva
E ela é tão linda, rara e especial
Pra ficar na mão de qualquer filha da puta
Ela vive assaltando a minha floricultura
Vive pra se derramar em ganja boa
Eu e você numa brisa espacial
Eu quero ver você bater na Lua

Ayy, ayy, ela quer dividir do que eu tenho
“Cartão, me passa a senha”
Cinto e calça da Balmain, yah
Sempre que eu tô na estrada
Ela quer sentar de graça
Não quer mais saber de nada
Ayy, ayy, ela só não quer mais ficar sozinha
Entra e chama as amiguinha
Droga e festa lá na minha casa
Fumando o Gorilla Roxo
Ela me chupa até eu ficar roxo
E nada lhe pára

E ela quer (Tudo), e ela quer
E ela quer (O mundo)
(Andar numa Meca)
E ela quer (Chapar), e ela quer (Gastar)
E ela quer (Parecer uma boneca)
E ela quer (Dolce), e ela quer (O mundo)
(Quer gastar com tudo)
E ela quer (Chapar), e ela quer (Gastar)
(Ser dona do mundo)

Ela quer dividir do que eu tenho
“Cartão, me passa a senha”
Cinto e calça da Balmain
Sempre que eu tô na estrada
Ela quer sentar de graça
Não quer mais saber de nada
Ayy, ayy, ela só não quer mais ficar sozinha
Entra e chama as amiguinha
Droga e festa lá na minha casa
Fumando o Gorilla Roxo
Ela me chupa até eu ficar roxo
E nada lhe para
publicidade