Mart'nália

Mart'nália

MPB, Samba, Bossa Nova

Serei Eu?

Mart'nália

Cada amor, uma aventura
Um desejo não tem cura
E nem tem dono o sentimento
Minha voz envolve a sua
Quero só mudar os ventos
Para esse amor oxigênio
Que alegra o sol de minha alma
Vem devagar, perdendo o medo
Quantas ruas, quantas portas
Vão se abrir na caminhada?
Era a lua e no sorriso dela, nossa vida

Serei eu a sua estrada?

Doce sonho que me encanta
Tanto amor ninguém escolhe
Se corre o tempo e nada alcança
Distraiu, a gente morre…
Quase que eu me entrego agora
Antecipando a despedida
Horizonte em cordilheiras
Céu nos olhos, serpentina
Dia e noite, o tempo inteiro
E eu pensando poesia
Era a lua e no sorriso dela, agora nossa vida

Serei eu a sua estrada, serei eu?
  • publicidade