foto

Era de Aquarius (feat. Djonga)

Martinho da Vila

O futuro do país está bem próximo
Conservadores serão liberais
Os raivosos vão ficar dóceis
E as doces mais adocicadas
Quando a era de Aquarius chegar

Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar
Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar

Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar
Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar

O mundo não terá mais pandemia
E ninguém com síndrome de pânico
As diferenças sociais vão encolher
E os preconceitos se diluirão
Quando a era de Aquarius chegar
Quando a era de Aquarius surgir

A era é de Aquarius, mas o que eu quero é o oceano
Pão e vinho na mesa esse ano
Povo antes servo, hoje soberano
Nesse corre cigano, vi muito mano leviano
Rindo de quem tá em baixo e levitando
No tapete Aladin que nós costurou
Colocou magia e comprou o pano
Menos ter, mais ser humano, disposição de espartano
Se tu não tá com nóis, vai sair pelo ralo ou descer pelo cano

E garotas bonitas amo
Mas minhas crias rindo é meu mundo, negatividade eu anulo
Só isso muda o vagabundo
Lá no fundo, você tem tudo o que você precisa
Dentro de ti mora um furacão
Mas só te vejo vivendo de brisa

Messiânicos, judeus, muçulmanos, cristãos e kardecistas
Juntos com fiéis do candomblé, se abraçarão no ecumenismo
Podes crer, podes crer que tudo isso será real
Quando a era de Aquarius vier

Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar
Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar

Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar
Quando a era de Aquarius surgir
Quando a era de Aquarius chegar
publicidade
publicidade