foto de Martinho da Vila

De Volta Ao Chantecler - Perseguidor - Violação

música e letra

Martinho da Vila

O frevo mandou dizer
Que ainda é o dono deste carnaval
Na hora do pau comer
A zorra vai feder do Galo ao Bacalhau
No passo que eu faço, vou dando trato em quem aparecer
Beijando a mina que sorriu pra mim
E o pau do índio vou lhe oferecer
No Velho Recife, jogo meu charme pra qualquer mulher
Se der bobeira, tomo a primeira
Subo com ela para o Chantecler
Se der bobeira, tomo a primeira
Subo com ela para o Chantecler

Me leve aonde você for
Mesmo perseguidor sou sua companhia
Prefiro seu olhar distante
Que a dor de lhe perder um dia
Me guarde no seu coração
Mesmo por compaixão ou pura fantasia (2x)

Nessa folia quero lhe beijar
Com meu abraço enxugar
O seu corpo molhado em cetim
O bloco tem essa magia fugaz
Se alegria nos trás, a tristeza vai ter seu fim

Deixa que eu te fale
Que eu faço o passo
Que eu me esbagaço na multidão
Deixa que amanheça, é tão cedo ainda
E deixar Olinda é violação (2x)

Cerveja em lata, cheiro de mulata
Ladeira a baixo Pitombeira vem
Trazendo sonhos de acordar chorando
Levando prantos de quem mágoas tem
No mundo alegre que o Bajado pinta
Toda tristeza desapareceu
E a paixão treme o chão
No banho que o Elefante deu
E a paixão treme o chão
No banho que o Elefante deu

E a paixão treme o chão
No banho que o Elefante deu(4x)