foto de Martinho da Vila

Dança De Palhaço

música e letra

Martinho da Vila

Pula pra lá, pra acolá e pra cá
Pula pra lá, pra acolá e pra cá

Sou palhaço de folia, porque eu gosto de ser
Espantar a criançada é o meu maior prazer

Faço verso na Mazurca, mas a chula vem primeiro
Eu sou bom no pula-pula, mas só se jogar dinheiro
Pois é muito ruim ser pobre , nesse Rio de Janeiro
Senta o pau sanfoneiro

Pula pra lá, pra acolá e pra cá
Pula pra lá, pra acolá e pra cá

A folia é o que eu mais gosto no meu Rio de Janeiro
Que tem samba, carnaval e mulher à revelia

Mas não encontro nenhuma pra ser minha companhia
Porque eu dou logo a dica pra no meu puleiro
Tem que ser viúva rica ou filha de fazendeiro
Corre os dedos, sanfoneiro

Pula pra lá, pra acolá e pra cá
Pula pra lá, pra acolá e pra cá

Diz um dito popular que é muito verdadeiro
Rico se casa com rica pra juntar o capital
Pobre se casa com pobre, pra viver pra sempre mal
É por isso que eu digo, quero o meu filão primeiro
Se não acho um bom abrigo, prefiro viver solteiro
Pula fora, sanfoneiro

Pula pra lá, pra acolá e pra cá
Pula pra lá, pra acolá e pra cá

Nesta roda só tem rico, pois estão de mãos fechadas
Quando um rico fecha a mão, não adianta fazer nada
Vou saindo de fininho, junto com meus companheiros
Eu vou lá pro outro lado, que tem pobre com dinheiro
Vamos nessa, sanfoneiro

Vamos embora, companheiros
Vêm comigo meus parceiros
Vou dar um pulo certeiro
Quem trabalha quer dinheiro.

O palhaço de folia de reis simboliza a tentação
Más também representa a sabedoria popular
A poesia improvisada e a alegria e o prazer da criançada

Pula pra lá, pra acolá e pra cá
Pula pra lá, pra acolá e pra cá