Marília Mendonça

Sertanejo Marília Mendonça

Coração Mal Assombrado

Marília Mendonça

Quando encostar a cabeça no seu travesseiro
Não vai ser só a consciência que vai pesar
Dos seus pesadelos comigo esse é só o primeiro
Quanto mais cê tentar fugir, mais cê vai me encontrar

Tô naquele banho demorado
No CD que não sai do seu carro
Vai ter um pedacinho de mim por onde cê passar

Tô em todo lugar
No gosto amargo da sua boca
No choro que molha sua roupa
Eu tô nos encontros que deram errado

Tô em todo lugar
No espaço que sobra na sua cama
Eu tô no silêncio que te chama
Cê tá delirando eu não tô do seu lado
É seu coração que tá mal assombrado
Aviso Legal - Política de Privacidade