Maria Bethania

Explode Coração - Vento de Lá - Imbelezô (Ao Vivo)

Maria Bethania

Chega de tentar dissimular e disfarçar e esconder
O que não dá mais pra ocultar e eu não posso mais calar
Já que o brilho desse olhar foi traidor
E entregou o que você tentou conter
O que você não quis desabafar e me cortou

Chega de temer, chorar, sofrer, sorrir, se dar
E se perder e se achar e tudo aquilo que é viver
Eu quero mais é me abrir e que essa vida entre assim
Como se fosse o sol desvirginando a madrugada
Quero sentir a dor desta manhã

Nascendo, rompendo, rasgando, tomando, meu corpo e então eu
Chorando, sofrendo, gostando, adorando, gritando
Feito louca, alucinada e criança
Sentindo o meu amor se derramando
Não dá mais pra segurar, explode coração...

Foi o vento de lá, foi de lá que chegou
Foi o vento de Iansã dominador que dormia
Nos braços da manhã e despertou (2x)

Mestre Chico jangadeiro
Depois de olhar o céu
Guardou a rede de arrasto
Não foi pescar xaréu

Mercador que foi pra feira
Não encontro freguesia
E não teve capoeira
Que mostrasse valentia

Foi o vento de lá, foi de lá que chegou
Foi o vento de Iansã dominador que dormia
Nos braços da manhã e despertou

Lia que nunca rezava
Foi rezar naquele dia
Por querer por quem chorava
Voltou pra sua companhia

A barra do mar fechava
Mas a flor do amor se abria

Lia foi sambar só
Foi sambar só
Lia foi sambar só
Na ventania(2x)

Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu
Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu

Lia foi sambar só
Foi sambar só
Lia foi sambar só
Na ventania(2x)

Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu
Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu (2x)

Lia foi sambar só
Foi sambar só
Lia foi sambar só
Na ventania(2x)

Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu
Imbelezô eu, imbelezô eu
Imbelezô, imbelezô, imbelezô eu...
publicidade