foto

4ª AS 20h.

Marcelo D2

Declarou que, entre aspas, gostava da maconha e que seu uso não lhe fazia mal nem lhe levava a fazer o mal, fecha aspas. Ponto

Isso é um zoológico, vida patológica
Realmente trágica, conversa sem lógica
Onde os quadrupedes riem de Aristóteles
Não aceitam hóspedes, bebem Natu Nóbilis
E eu me sinto um alien, nada zen, tudo aqui é mórbido
Pra falar com meus irmãos agora é só em código
Querem colidir pra coibir o colibri
Pensamento bate asas dentro do sarcófago
Mas estamos pelos arredores, já somos milhares
Conversando pelos bastidores
E com as nossas dores conseguimos germinar
O campo minado e colher flores
Vão sumir tumores quando os tambores eu tocar
Dissabores dizimar
Acenda uma vela pra iluminar
E o odor das flores segue perfumando o ar
La rarara rara

Pra ficar macio, relaxadinho
Suave bem
E a mente navega zen
É a melhor que tem
A mente navega zen
Pra ficar macio, relaxadinho
Suave bem
E a mente navega zen
E a melhor que tem
A mente navega zen

Eu paro de ouvir insanos sinos
Sano insanos sonhos
Eu me sinto 10
E onde estava escrito aqui jaz
Mudo pra aqui jazz
O Kamau no beat é tipo lâmpada pros pés
Flutuo, amenizo, me incluo no paraíso
Pude me livrar da besta fera nessa atmosfera
Vejam o meu sorriso
Chegou minha hora, vou-me embora pra Pasárgada
O meu barco zarpará
Lá tudo me agradará
E nos verdes montes a maldade não avançará
E a ira de meus inimigos não me alcançará
A felicidade hoje veio aqui me visitar
E no seu sorriso lindo eu quero morar
Acendo uma vela pra poder abençoar
Lararararara

Pra ficar macio, relaxadinho
Suave bem
E a mente navega zen
É a melhor que tem
A mente navega zen
Pra ficar macio, relaxadinho
Suave bem
E a mente navega zen
E a melhor que tem
A mente navega zen
publicidade